Notícias

A pedido da Prefeitura, DNIT estuda construir trevo de acesso ao Aterro Sanitário

Entrada do local é na BR-354 e possui tráfego intenso, o que oferece riscos de acidentes a quem passa pela região

Prefeitura de Formiga

10/10/2017 13h25

Esteve em Formiga na segunda-feira, dia 10, o superintendente regional do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Fabiano Cunha. Ele veio à cidade a pedido da Prefeitura e por intermédio do vereador Mauro César.

O objetivo foi avaliar a possibilidade de construir um trevo de acesso ao Aterro Sanitário na BR-354.

Inicialmente, Fabiano foi ao gabinete do prefeito Eugênio Vilela. Lá, foram passadas ao superintendente as principais demandas e os problemas que ocorrem no acesso ao Aterro.

Em seguida, acompanhado de Mauro, do assessor parlamentar do vereador Sandrinho da Looping, Johnatan Luan, do advogado Marcus Vieira, do policial militar rodoviário sargento Adilson e do chefe de serviço do DNIT, Rogério Chaves Molina, Fabiano foi ao trecho que dá acesso ao Aterro.

Após uma análise da situação, ficou acordado entre as partes que o DNIT fará uma avaliação do local para definir o que pode ser feito. O departamento ainda determinou que, enquanto o estudo é feito, a região receberá uma limpeza. Ela ocorrerá por meio do DEER Legal, que também melhorará a sinalização da rodovia.

“Inicialmente criaremos um projeto de orientação e sinalização da rodovia. Assim que o estudo do trevo estiver pronto, entrarei em contato com o Município para dar um retorno do que será feito”, explicou Fabiano.

A necessidade de construir um trevo de acesso ao Aterro Sanitário se dá por causa do intenso tráfego que existe no local. O risco de acidentes na região é grande.

Outras demandas

Fabiano também visitou outros lugares em Formiga. No Engenho de Serra, o superintendente visitou o Campo do Estrelinha. A solicitação foi de que parte do terreno próximo, por onde passa a linha férrea, seja revertida ao Município.

Em seguida, a comitiva foi a outros trechos da BR-354 que foram identificados pela Polícia Rodoviária como de alto índice de acidentes. Foi pedido que o DNIT tome medidas preventivas.


SIGA O TRIBUNA NAS REDES SOCIAIS

Jornal TRIBUNA
Tribuna Minas

Todos os Direitos Reservados