Notícias

Quatro envolvidos em explosão a banco são presos

Sistema MPA

05/12/2017 15h03

Quatro homens suspeitos de envolvimento em uma ocorrência de explosão a uma agência do Banco do Brasil em Pompéu foram presos nesta terça-feira (5). Dois deles na BR-494 próximo ao km 21 em Divinópolis. A dupla estava em uma lanchonete próxima de um local conhecido como Gruta Nossa Senhora de Fátima quando foi reconhecida, tentou fugir mas acabou presa. Eles serão encaminhados para Divinópolis e devem passar por perícia. A Polícia Civil vai apurar qual a participação dos suspeitos no crime.

Outros dois suspeitos foram presos durante a manhã na cidade de Moema, cerca 80 km do local dos crimes. A dupla estava com rádios comunicadores na frequência da polícia e com um veículo Ford Focus. Os suspeitos foram levados para Pompéu para prestar depoimento. Os dois suspeitos presos em Moema são conhecidos pelo envolvimento com assaltos e homicídios.

A ocorrência em Pompéu foi registrada durante a madrugada, quando aproximadamente 15 bandidos chegaram a cidade em cinco veículos. Parte do grupo foi ao quartel da PM e fez disparos de fuzil e espingarda calibre 12 para tentar intimidar os policiais, que reagiram. Outra parte da quadrilha explodiu a agência do Banco do Brasil e foi flagrada por uma viatura que fazia patrulhamento pela região.

Houve troca de tiros, duas pessoas morreram, sendo um trabalhador da cidade de 22 anos e um cabo da PM de 33 anos. Outro militar, de 27 anos foi baleado e encaminhado em estado grave ao Hospital João XXIII em Belo Horizonte.


SIGA O TRIBUNA NAS REDES SOCIAIS

Jornal TRIBUNA
Tribuna Minas

Todos os Direitos Reservados